O Poder de Ouvir com Compaixão

Quando alguém expressa suas palavras com raiva, é um sinal que essa pessoa está sofrendo profundamente. Mesmo que ela não identifique isso.

Por sofrer tanto, ela ficou amarga e tornou-se agressiva. E está sempre pronta para se queixar e culpar os outros por seus problemas ou situações corriqueiras.

Por isso você procura evitar essa pessoa, pois é desagradável escutar o que ela tem a dizer. Para compreender e transformar a raiva, precisamos aprender a ouvir com compaixão e usar palavras amorosas.

Compaixão é colocar-se no lugar do outro para compreender o que ele sente. Sentir o que ele sente. Quando somos capazes de ouvir com compaixão, conseguimos aliviar o sofrimento do outro. E também, oferecer uma orientação concreta àqueles que nos procuram em busca de ajuda.

Quando isso acontecer com você, não tenha pressa, fique inteiro e tranquilo ao lado da pessoa o tempo necessário e escute o que ela tem a dizer (não é você que fala, é ela!), deixando que ela se expresse livremente.

Vale repetir, somente com essa ação você irá aliviar grande parte do sofrimento dessa pessoa, basta que mantenha viva a compaixão durante o tempo todo em que estiver ouvindo.

Você precisará se concentrar no que ela está dizendo. Enquanto escuta, ouça com todo o seu ser, com cada célula: com os olhos, os ouvidos, o corpo e a mente. Se você apenas fingir que está ouvindo e não se esforçar para prestar atenção com a totalidade do seu ser, a outra pessoa perceberá isso. E o sofrimento dela não será aliviado.

A outra pessoa pode ser seu filho, parceiro, pai, mãe, irmãos, clientes, sócios, ou um desconhecido.

Não é fácil manter essa concentração, porque o nosso pensamento flui para outros campos muitas vezes. É preciso que você queira muito e genuinamente.

Se você respirar serena e profundamente, e trouxer de volta sua atenção sempre que ela dispersar, com o desejo de ajudar a pessoa a encontrar o seu alívio, você será capaz de sustentar a compaixão enquanto estiver ouvindo.

Ouvir com compaixão é uma prática muito profunda. Você não ouve para julgar ou culpar alguém, isso é fácil. Você escuta com verdade e completude porque deseja ajudar a outra pessoa a sofrer menos.

Ouvir a outra pessoa pode efetivamente ajudar a transformar a raiva e o sofrimento dela.

Apenas ouvindo! Ouvindo de verdade, poderemos impactar positivamente nossos relacionamentos, nossos negócios, nossa saúde, e quem convive conosco. Ouvindo, podemos amar mais, e contribuir ativamente para criar um ambiente familiar e na empresa aonde seja possível falar abertamente e ser mais feliz.

Renato Morais é Coach Ontológico, Terapeuta e Consultor empresarial



  • Bom dia amigo
    Magnifico sua reflexao…
    Compaixão é realmente a capacidade de se colocar no lugar do outro…levando a pratica de uma das Leis do Amor..que a pessoa se sinta pertencente…incluída…nesse lugar que tanto prantea…poIS em algum momento ou situaçao um dia houve uma exclusão

  • Renato vc é um ser de Luz…
    Gratidão por compartilhar esse gesto de amor nos ajudando a ser cada dia melhor…❤

    • Gratidão pelo carinho querida, você é um ser de luz também! E agora, mais ainda, mamãe!!! Parabéns de novo e sempre, por cada lindo passo que vem dando em sua vida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *